segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Criando lembranças



*Imagem do site Zetaprints



Fui presenteada à alguns dias com e-mails de amigas minhas com fotos antigas, com lembranças que me fizeram reviver vários momentos felizes ao lado delas. Pra continuar esse saudosismo, fiquei vendo outras fotos minhas, antigas, de viagens, amizades e amores.

Desliguei o computador e fui fazer mais lembranças: fui comemorar o meu aniversário. Tirei mais fotos, construí mais momentos.

Hoje eu acordei de madrugada e vim com o meu italiano Bello para MeiCheng, onde ele mora e está nesse minuto trabalhando em pleno feriado. Aqui é um pedaço de fim de mundo, mas é onde eu estou construindo mais momentos, mais lembranças.

E ele, no meio dessa viagem (que acabou demorando 6 horas ao invés de 3 já que não conseguimos passagem no trem ou em um ônibus direto), começou a perguntar do meu ex-namorado (o francês pinguim). Ele fez várias perguntas e, enquanto eu respondia, fui ficando chateada. Por mais que o pinguim esteja no passado, ele me magoou.

O Bello então parou e disse que não quer me ver chateada, que estava muito feliz por eu ter vindo pra onde o Judas perdeu as botas com ele, e que ele ia fazer o possível pra me fazer feliz. Eu encerrei a conversa dizendo que, apesar de eu já ter quebrado a cara várias vezes, continuo acreditando no amor.

Isso tudo me fez perceber que somos uma mistura de vários acontecimentos, tudo o que vivemos vai pra esse grande calderão de memórias, e tudo contribui para nossas mudanças pessoais. Que bom, que bom que vivemos coisas novas, que mudamos, que nos permitimos.
E viva todos os altos e baixos da minha vida.

Como diz o meu querido Daniel Carlomagno: "Quer me enlouquecer é dizer que viveu por viver e não valeu nem um dia sequer" (dá pra baixar o CD 'na faixa' aqui).

Fico por aqui, construindo mais lembranças nos lugares mais remotos.

Beijos,

Frô.

3 comentários:

Andreia disse...

Lu, estou sempre torcendo por vc daqui do Brasil. Leio seu blog sempre agora acompanhando sua tragetória. :) Vc é mega especial e tenho certeza que seu niver foi fantástico. 30 anos é uma idade maravilhosa, adorei qdo fiz. :) beijos e saudades, Andréia Repsold

Cris João disse...

Deixa eu entender... Teu ex é francês, teu atual é italiano e vc ficou chateada???? Afe, licença que vou ali pular da janela! rsrsrsrs ;)

Frô disse...

hahah... Ô Cris, melhor que namorar Chinês, né? (sem preconceitos, mas que é difícil achar unzinho bonito aqui, ah é).

Realmente estou muuuuuito feliz com o meu Italiano.

Não se joga da janela não, vem pra China você também - Vem!