sexta-feira, 22 de julho de 2011

Eu vou tirar você e eu de nós!




Dói! A gente sempre acha que está preparada, mas quando acontece dói demais. Mais do que eu imaginava.

Ele terminou comigo hoje. E eu me senti completamente impotente. Não pude fazer nada, não tinha nada o que fazer... acabou!

Foi de repente (pelo menos pra mim). Ele não gosta mais de mim. Não posso fazer ele sentir o que ele não sente.

Acho que é sempre difícil "levar-um-pé", mas o que eu ouvi doeu demais: "se ficar com você será por pena" ou "eu gosto de você, mas não todos os dias". Sério? Foi à isso que tudo se resumiu?

Estou com uma música da Zélia Duncan na cabeça, e como diz na música "Eu vou tirar você e eu de nós", "Eu vou tirar você de mim", "Eu vou tirar as suas impressões digitais da minha pele".

Enfim, eu vou conseguir, mesmo que hoje pode parecer que vai doer pra sempre, eu seu que nunca dói pra sempre.

Frô.

3 comentários:

Cris João disse...

Caraca Lu, dói mesmo. E em toda relação que entro, fico com medo de doer de novo. Mas a gte insiste, acha que dessa vez vai ser diferente. O caso é que tenho que aprender a curtir enquanto é bom, "eterno enqto dure". Conseguir ficar feliz com as boas lembranças, com oq aprendeu e, depois de um tempo, partir pra outra, se apaixonar novamente. Te digo duas coisas: conta comigo e vai passar.

Rogir disse...

Quem já não passou por isso, que atire a primeira pedra.Dóooi mas passa. A vida e um jogo bem interessante que vale a pena ser jogado.BOLA PRÁ FRENTE.
bjks

Mulheres Apaixonantes disse...

Dói, mas como aprendi com Drummond, sofrer o tempo suficiente pq a dor é inevitável mas prolongar o sofrimento é opcional.
Viva a vida!!!

Beijos, força nos caracois Lu.

Bia